Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: blogajuda@hotmail.com; que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga. Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas. Escrevam!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Frase:

" Em lugar da vossa vergonha, haveis de ter dupla honra; e em lugar de opróbrio exultareis na vossa porção; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria" (Isaías 61:7).

9 de fevereiro de 2009

A Depreciação da Comunhão com Deus

A bíblia afirma que Sansão foi um homem inteiramente cheio do Espírito Santo. A história desse homem serve como exemplo para os filhos de Deus, que tendo comunhão com o pai procurem vigiar, porque uma pessoa forte pode se enfraquecer se não manter firmeza com sua fortaleza. O que fazia Sansão ser forte era a unção do Espírito Santo, esse era o segredo de sua maior força. Deus registrou essa história para mostrar para os ungidos a importância de se valorizar a unção do Espírito Santo. Desde o ventre da mãe Deus já tinha preparado Sansão. A bíblia retrata que um anjo apareceu a mãe de Sansão e já pediu para que ela se consagrasse não bebendo nem comendo comida impura, porque dela iria nascer um homem santo, escolhido por Deus para libertar Israel das garras dos filisteus. E os filisteus já sabendo que Sansão tinha um segredo especial que lhe fazia mais forte que todos, então tentaram de tudo para descobrir o que estava em oculto para assim atacá-lo. Deus foi com Sansão em todos os momentos, até ele perder sua comunhão com o pai. A decadência de Sansão começou quando ele deu prioridade aos seus sentimentos e emoções, colocando a aliança com Deus em segundo plano. Se interessou por uma mulher de outra fé, contraindo assim a lei de Deus: “Não vos prendais a um jugo desigual com os incrédulos; pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? ou que comunhão tem a luz com as trevas? (II Coríntias 6:14-18). Em Juízes 14:20 – 15:6, retrata que a partir do momento em que Sansão se envolveu com uma incrédula tudo passa a dar errado na sua vida. Ela o trái e também acaba sendo queimada por vingança dos filisteus. Sansão era cheio do Espírito de Deus mais ao se envolver com uma mulher que não era de Deus, acabou dando espaço para o mal agir em sua vida. Mais Deus com sua imensa misericórdia, deu uma nova chance a Sansão. Mais novamente ele não soube aproveitar, brincou com o pecado e se envolveu com Dalila, outra incrédula. E Sansão já estava tão seduzido por Dalila que se esqueceu do compromisso com Deus. E a desobediência dele o levou a sua própria ruína, tendo que pagar com sua própria vida. E os filisteus arrancou os olhos de Sansão, o judiou muito. Sansão sofreu a dor de sua desobediência até a morte. (Em Juízes 16:25-30). Antes mesmo de perder os olhos Sansão já estava cego espiritualmente. Com esse exemplo podemos constatar que não existe cristão nem pastor cheio do Espírito Santo que desobedecendo a lei de Deus não perca suas forças espirituais. Na obra de Deus existem pessoas que não estão valorizando a comunhão com Deus, e brincam com o pecado. José não quis cometer o mesmo erro que Sansão e fugiu do pecado: “Mas sucedeu, certo dia, que entrou na casa para fazer o seu serviço; e nenhum dos homens da casa estava lá dentro. Então ela, pegando-o pela capa, lhe disse: Deita-te comigo! Mas ele, deixando a capa na mão dela, fugiu, escapando para fora”. (Gêneses 39:7-12). Se é necessário que fujamos, o que não podemos fazer é nos deixar envolver pelas paixões desse mundo pois isso nos separa da comunhão com Deus. “Foge também das paixões da mocidade, e segue a justiça, a fé, o amor, a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor”. (II Timoteo 2:22). O desejo de Deus é que coloquemos nosso coração em sua palavra, fazendo a sua obra, para que possamos seguir sempre na fé sem corrermos o risco de desviarmos de suas promessas.
Na benção,
Dijandira

Um comentário:

raphaela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.