Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: blogajuda@hotmail.com; que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga. Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas. Escrevam!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Frase:

" Em lugar da vossa vergonha, haveis de ter dupla honra; e em lugar de opróbrio exultareis na vossa porção; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria" (Isaías 61:7).

4 de dezembro de 2009

Problemas Sentimentais 14

Na minha adolescência eu tinha um problema muito grave: o mal da paixão. Apaixonava-me com muita facilidade, melhor dizendo nunca deixava de me apaixonar.
Era uma paixão atrás da outra; quando terminava de gostar de um já estava gostando de outro. E por incrível que pareça, sempre pela pessoa errada.
Maldito sentimento, odiava; mais não tinha jeito, era sempre a mesma coisa. Nunca tinha paz, sofria todos os dias por pessoas que nem notavam minha existência.
E por que continuava me apaixonando? Não sei, só sei que era horrível. Sentia uma dor enorme. Era um sentimento muito ruim corroendo todo meu ser, sugando todos os meus pensamentos. E não sabia como controlar, aliás, não tinha controle.
Agia por impulso, e somente depois via a bobeira que dava.
Confesso que meu coração já não agüentava mais tanto sofrimento. Até que um dia me converti. E tive a oportunidade de fazer pedidos a Deus. E um dos pedidos foi para nunca mais me apaixonar. Não queria mais me enganar.
Falei pra Deus que preferia ficar sem gostar de ninguém até encontrar a pessoa certa. Estava cansada de fazer tantas loucuras; queria dar sossego ao meu coração.
E para minha alegria Deus me respondeu. Nunca mais me apaixonei. Passei anos sem senti nada por ninguém. Minha preocupação era somente com minha vida espiritual. Vivi tão bem, tão feliz. Todos os dias agradecia a Deus por guardar meu coração.
Durante o tempo de conversão confesso que cheguei a me enganar com alguém, mas não me apaixonar; não sofrer de amor por uma pessoa.
Se não dava certo era porque não era da vontade de Deus, e logo esquecia; não iria insistir se nem Deus estava de acordo. Nem ficava chorando pelos cantos. Deus me libertou de paixões enganosas.
Se você é uma pessoa que só se apaixona pela pessoa errada, quero te dizer que Jesus pode te libertar desse sentimento desgraçado. Não continue dando ouvidos ao seu coração; chega de paixões sofridas! Elas não poderão te levar a lugar nenhum.
Paixão é uma coisa passageira, momentânea; o amor sim é eterno e só ele nos trás a verdadeira felicidade. Não é bom ficar perdendo tempo com emoções do coração; temos que colocar nossa confiança em Deus e ter a certeza que Ele nos dará a pessoa certa no momento certo.
Não precisamos sofrer bem muito para somente depois encontrar nossa cara metade, se podemos esperar feliz.
Guardemos nosso coração para não nos enganar.
Melhor é esperar em Deus e sossegar.

Segue algumas coisas que aprendi com essa experiência:
1-Os sentimentos nos levam ao sofrimento mais a fé nos leva a Deus;
2-Quando vivemos sem rumo e sem direção seguimos nossos próprios desejos e impulsos e por isso sempre nos decepcionamos: não seguimos os desejos de Deus;
3-Se uma pessoa mostra não gostar da gente por mais que façamos de tudo vão continuar sem gostar, isso acontece porque essa pessoa não foi feita pra nos fazer feliz;
4-A paixão é uma arma do inimigo para nos levar a perdição e o amor uma arma de Deus pra nos levar ao perdão;

5-O vazio é simplesmente a falta de Deus;
6-O coração engana de tal forma que nem agente percebe o quanto somos enganados;
7-Muitas vezes não conseguimos controlar os sentimentos, mas Deus consegue arrancar tudo que não presta de dentro de nós;
8-É um ponto negativo gostar de alguém quando não somos correspondidos; melhor não gostar de ninguém, e ser livre para o verdadeiro amor;
9-A ansiedade atrasa nossa vida com Deus;
10-Encontramos a felicidade quando esvaziamos nosso coração e o entregamos a Deus.
Na benção,
Dijandira

2 comentários:

Amanda M. disse...

é verdade, o coração é desesperadamente corrupto! e quantas pessoas caem nesse aspecto.. ;(


Belo post, belo blog.Deus abençoe.

;*

Anônimo disse...

Joguei no google apenas o termo "dor no coração" que me direcionou para seu blog. Li seu post, é era algo de que eu precisa ler, "ouvir". Tenho tentado trabalhar isso em mim, mas como é difícil. Seu post me ajudou a arrumar forças. Obrigada!