Estou abrindo espaço para você que deseja orientação através do e-mail: blogajuda@hotmail.com; que será respondido na publicação no blog zelando a identidade da pessoa que será chamada de amiga. Com isso as pessoas poderão ter minha orientação e de todos que acompanham o blog, recebendo desta forma maior apoio para resolução de seus problemas. Escrevam!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Frase:

" Em lugar da vossa vergonha, haveis de ter dupla honra; e em lugar de opróbrio exultareis na vossa porção; por isso na sua terra possuirão o dobro, e terão perpétua alegria" (Isaías 61:7).

8 de dezembro de 2009

A quem temos nos apegado?

Assim que comecei a ir pra igreja tinha um pastor que era muito exigente. Ninguém podia nem olhar para o lado na hora da palavra que ele chamava a atenção. E tomar água nem podia. Concentração total.
Eu gostava muito dele porque conseguia ouvir a palavra atentamente. Amava o momento da palavra; encontrava grandes descobertas. Era meu primeiro amor!
Cheguei a ouvi que muitos oravam para esse pastor ir embora; e eu falava: eu acho ele tão bonzinho... e me diziam que ele era muito sério e exigente, não atendia as pessoas bem, e por isso não era um bom pastor.
Para mim não importava quem era o pastor, pois eu não estava querendo me apegar a ele e sim a Deus. Gostava dele porque ensinava como se apegar ao Senhor Jesus.
Quando vivemos no primeiro amor pouco ligamos para quem está pregando ou para quem está ao nosso lado; só temos um objetivo: aprender mais de Deus.
E tudo se torna novidade e aprendizagem. Como é maravilhoso! Mais quando o amor passa em vez de olhar para Deus se olha para os defeitos, para o modelo pregador, modelo simpático.
E quando não se gosta do pastor deixa de ir a igreja; se esfria; já não faz a obra como fazia antes. E por quê? Foi a igreja por causa de um pastor, obreiro, membro; e quando esse vai embora sai junto. E tudo que Deus fez fica esquecido no tempo.
Temos que vigiar para não nos apegar ao homem, temos que colocar nosso coração somente em Deus. Para nos dias maus resistirmos e permanecermos na fé.
As lutas são grandes, e as perseguições sempre existirão; porém temos que está sempre na fé.
Cuidemos de nosso coração para que venhamos sempre ter bons olhos para com a obra do Senhor; e assim venceremos todas as batalhas espirituais.
Na benção,
Dijandira

4 comentários:

Alessandra disse...

amo seus textos,outra vez,só tenho que concordar!Ficar ou não numa Igreja por causa do pastor é pura religiosidade,e não conversão.Abraço.

Núbia Onara disse...

Ler seu texto me fez voltar também ao meu início ... e é exatamente isso que você disse, a gente não liga pra nada nosso foco só é Deus. Nessa epoca comigo aconteceu o mesmo. Todos os pastores que eu admirava por ensinar a fé eram justamente aqueles que para os mornos [ou até frios] já não prestavam. Triste ...
Temos que ter esse cuidado pra não estarmos na Igreja como expectadores de uma palestra apenas.
Beijos Dija

Sidney disse...

Tenho sentindo a falta desse tipo de Pastor.
Peço a Deus que mais Pastores assim apareçam.
São homens interessados na saúde espiritual da igreja, vivem e falam a verdade com amor sem medo de perder a ovelha.

Danilo Fernandes disse...

Ola Dijandira!


Graça e Paz!

Vim conhecer seu espaço digital. Bom posts! A internet é um espaço precioso onde podemos falar de Jesus e discutir diferentes pontos de vista!

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

Genizah é um blog cristão diferente. Hilário e divertido, mas que não dispensa a seriedade na defesa do Evangelho. Uma mistura bem balanceada de humor, denuncia e artigos devocionais. No Genizah, você fica sabendo da última novidade do absurdário "gospel", mas também não falta material para inspiração e ótimas mensagens dos melhores pregadores. Genizah é um blog não denominacional apologético, com um time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/